Qual a iluminação ideal para gravar seus Vídeos?

Tempo de leitura: 3 minutos

 A iluminação é um ponto muito importante para quem vai começar a gravar seus vídeos.


É bom ter um cuidado técnico na hora das gravações. A experiência do usuário é muito negativa se caso a pessoa não tiver conhecimento e acabar sendo uma cena mal iluminada, com falhas no áudio, entre outros problemas que podem surgir.

Uma iluminação precária pode comprometer a compreensão de seus conteúdos e fazer com que a audiência perca o interesse por aquilo que está assistindo, ou no caso talvez nem conseguir assistir.

São vários fatores importantes para se gravar algo de qualidade como o planejamento, o roteiro e a câmera. É importante que você tenha conhecimento para dar destaque as melhores formas de iluminar a sua cena, seu ambiente de gravação.

Não existem desculpas para o seu vídeo ficar ruim, pois com baixo investimento, é possível montar um esquema básico de iluminação que pode atender bem as suas necessidades.

Importância de uma boa iluminação para seus vídeos

Invista em uma boa iluminação para não pecar por falta de luz, ou excesso da mesma. Questões estéticas e visuais são importantes também, que o telespectador compreenda o que está se passando na cena, ente outros fatores.

Associação de áudio e visão em vídeos são pontos muito importantes para serem considerados. Uma iluminação que não é bem planejada, arquitetada pode comprometer todo o seu trabalho, trazendo a sua tela produções mais difíceis e chatas de assistir, exigindo um maior esforço visual e mais concentração, gerando desinteresse do público. E muitas vezes nem começam a assistir, comprometendo as taxas de retenção e a eficácia da sua estratégia, tanto quanto as taxas de conversão, entre outros fatores. Um conteúdo mal produzido demonstra inexperiência e não passa credibilidade do produtor em relação ao conteúdo transmitido.

Mediante a tudo isso é bom que você estude para gerar bons resultados com uma produção mais profissional, levando em conta as questões citadas.

Luz externa e interna

É importante saber um pouco sobre luz interna e luz externa se você estiver fazendo suas primeiras produções de vídeo e não souber muito sobre iluminação.

Se você tiver a oportunidade de gravar com a luz do sol, será de grande valia. Mas na maioria dos casos você irá precisar de um esquema de iluminação interna para conseguir um bom resultado.

A luz do sol (externa), mesmo que natural e muito bonita, você pode encontrar dificuldade para trabalhar. A posição do sol, a quantidade de nuvens, o horário, a incidência dos raios e suas oscilações bruscas são fatores que podem lhe trazer empecilhos na hora da filmagem.

Já no caso da iluminação interna, produzida artificialmente, tem facilidade em ser controlada com equipamentos adequados, oferecendo maior retorno em questão de uniformidade (devido a ausência das oscilações na iluminação) e qualidade, se abstendo de ajustes posteriores na luz da edição final.

Caso você ainda não entenda tanto assim do assunto ou não tenha tanta verba, é preferível que você não misture, querendo utilizar os dois tipos de iluminação. Tanto uma quanto a outra possuem uma temperatura diferente, o que provoca efeitos negativos nas cenas.

Luz dura e difusa

 Luz dura e difusa são termos bem corriqueiros quando se trata de iluminação.

Uma luz dura é aquela que incide de forma mais direta sobre um ponto e dá a impressão de serem mais fortes e marcadas, destacando muitas vezes imperfeições na cena apresentada, como na pele dos autores.

A luz difusa incide de forma mais espalhada, suave sobre o objeto apresentando uma iluminação mais uniforme e leve, sem deixar a cena com um aspecto artificial e evitando sombras muito fortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *